quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Peço licença a você, Pai, para postar aqui no meu blog, uma das poesias do seu livro “Poesias Gerais”, lançado poucos dias antes de sua partida! A mamãe, e nós, seus filhos, estamos sofrendo muito com a sua ausência, mas estamos felizes e orgulhosos por você ter conseguido realizar esse antigo sonho de publicar seu livro!
Sabe, Pai, hoje o Dudu leu essa poesia lá no Graffite, e muita gente se emocionou! Estão me perguntando onde acham o livro pra comprar! Legal demais né Pai?! Tá arrasando hein! Os exemplares do livro que você deixou já acabaram, mas fica tranquilo por que nós vamos mandar imprimir                                                                          mais!
                                                             Tô chorando sim Pai... O motivo é justo.


REMORSOS

A você que é filho,
certamente ignora,
tudo o que lhe virá na mente,
quando ficar sem pai.
Pai quer que entenda,
nega, repreende,
pra que o filho aprenda.
Mesmo as discórdias,
os ressentimentos havidos,
irão livrá-lo do remorso
e atenuar seu choro.
Os ponteiros dos relógios
avançam implacavelmente,
rumo ao fim.
E olha! Não digo por mim!
Abrace agora enquanto é tempo,
enquanto há tempo
de carinho entre filho e pai.
Depois será ontem,
será passado,
será nunca.
Abrace-me agora,
enquanto vivemos
e estou a seu lado,
curtindo você.
Amando-o muito
nesta dimensão.
Depois então, só lembranças,
de que teve um pai.


(Antônio Pereira Magalhães)

43 comentários:

  1. Caju, me emocionei ao escutar no radio. Isso é a maior herança que teu pai deixou o talento , o dom da sabedoria traduzida em sentimentos e repassadas em belos textos. Isso meu caro ninguém vai te roubar !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Falou tudo Queren! É isso mesmo! Muito obrigado!

      Excluir
  2. Emocionado de verdade..
    Sempre admirei o Caju pelo seu talento, seu dom de escrever, pelo seu jeito característico..Mas como não podia ser diferente é hereditário, talento de pai pra filho...Seu orgulho é legítimo todo o talento do seu querido Pai tem de ser compartilhado..
    parabéns e força para vencer todas as dificuldades..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Igualmente emocionado com suas palavras Yago! Obrigado mesmo!

      Excluir
  3. Caju, meu pai se foi à 23 anos ,ele estava com 44 anos e eu estava com 16 anos, p/ mim ele era imortal, nunca passava pela minha cabeça perder o MEU pai !!! Cara honesto , maravilhoso . Não tem um dia se quer q não penso nele, e ontem ouvindo " Remorsos " fiquei muito, muito emocionada pela verdade mais pura q seu pai escreveu. Como sempre digo, quem tem um pai , paizão dê muito valor como dei ao meu e tenha certeza Caju, eles não deixam d cuidar da gente onde quer q estejam !!! A gente aprende a conviver com a Saudade!! Um grande beijo.

    ResponderExcluir
  4. Enquanto escutava o poema (logo eu que não gosto muito de poesia) agradecia de ter tido um final de semana muito bom com meu pai. Que Deus de algum conforto a toda família.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz pelo texto ter sido útil à você! Valeu Cristiano!

      Excluir
  5. Quando o Dudu leu eu me emocionei muito. Obrigada por publica-lo, pude envia-lo a meu pai, e dizer a ele que eu o amo.... Seu pai é/foi/sempre sempre será um grande homem. Parabéns. .Grande abraço de sua fã Roberta Goulart

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo você compartilhar esse texto com seu pai Roberta! Ele deve ter ficado orgulhoso desse gesto seu! Beijo pra vcs.

      Excluir
  6. Lindo e de verdade. Estou emocionada. Que privilégio nosso, você compartilhar uma das poesias do seu Pai. Obrigada.
    Beijos,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O privilégio é meu de receber sua visita aqui no blog e ler seu comentário! Bjo no seu coração Vanessa!

      Excluir
  7. Caju,você que tanto nos alegra com sua alegria,fiquei muito mais emocionado.Aonde seu pai estiver,ele está orgulhoso de você.
    Parabens!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Rickardo! Espero que continue visitando esse "rascunho de blog" e deixando mais comentários! Abç

      Excluir
  8. Poxa bacana seu blog Caju.. também tenho um blog e sou de BH: www.preguicaalheia.com caso precise de uma forcinha.. da pra melhorar bastante e incluir bastante coisa aqui nele e ganhar uma graninha..rs.. (te ajudo .. não precisa pagar nada, ok?!). No meu blog tem meu email de contato.

    Abraço e sucesso,
    Nimai
    www.preguicaalheia.com.br

    ResponderExcluir
  9. Conheci seu pai no primeiro dia de internação no CTI. Conversei com ele e junto com sua irmã e ele me contou muitas coisas. Inclusive falou muitas vezes de uma pessoa.... Rodrigo. Era um tal de Rodrigo... Rodrigo... Fiquei pensado quem era Rodrigo. Somente fui perceber quem se tratava, quando vi uma pessoa muito parecida com um humorista que gosto muito do trabalho e quando te recebi na porta da unidade. Mesmo pensando que não era você, só caiu a fixa após algum tempo. Ouço grafite há muito tempo ... desde a Extra. Então, vim através desta falar para você que: Nunca pare ou pense em parar de fazer o que você faz... Onde seu pai esta, ele continua tendo a mesma admiração que eu vi por você, um brilho nos olhos em falar do seu trabalho e do que você representa para ele. Continue, cresça e sempre apareça. Ele sempre vai estar do seu lado. Até mais......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Otávio... seu comentário me emocionou demais e me fez chorar muito! E é chorando que te respondo! Lembro-me bem de você! Não só eu, mas meus irmãos e minha mãe! Você se tornou uma pessoa especial para nós! Pela atenção, cuidado, carinho e ouvidos que você teve com meu pai! E sei que não agiu assim por se tratar do pai do "caju", do qual você é fã, por que desde o começo, quando meu pai foi para o CTI minha irmã já falava de você, e você não sabia que se tratava do meu pai! Parabéns pelo profissional que é e muito obrigado por compartilhar comigo as conversas que teve com ele em momentos tão difíceis nos quais ele tinha só você para ouvi-lo! Obrigado Otavio!

      Excluir
  10. Cajú, eu sei muito bem pelo que você está passando... Passei pelo mesmo pesadelo a 8 anos atrás quando meu pai de deixou. Ele com apenas 50 e eu com meros 15 anos. É um tempo que não volta mais, mas como ele mesmo dizia pra mim, "A morte é a unica certeza da vida, um dia todos nós vamos e quando eu for sempre estarei com você, porque te amo!", e tenho certeza que o seu pai também está lá de cima do lado do meu olhando por nós! Muita força amigão, e conte com seus ouvintes sempre. Você é sensacional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo carinho e apoio Igor! Conte com a gente também! Fica com Deus! Grande abraço!

      Excluir
  11. Chorei.......você tem o dom de tirar de mim muitos sorrisos...boas gargalhadas...e muitas lágrimas....beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Deise querida! Seu carinho me conforta muito! E mais uma vez, obrigado! Beijão!

      Excluir
  12. Pura emoção. Estou em prantos. Não tive pai , esta pagina ficou em branco em minha vida. Mas Deus sabe o q faz , né. Seu pai esta em bom lugar , tenho certeza. Um forte abraço e meus sentimentos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você teve que ser muito forte e isso serve de exemplo para mim! Obrigado Luciana!

      Excluir
  13. Caramba Cajá, me emocionei aqui com suas palavras e tão quanto com a poesia do seu pai. Muita força aí, e continue com este belo trabalho que você faz, trabalho este que coloca um sorriso/gargalhada enorme no rosto de todos nós. Um Forte Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Grazzianne! Sei que não posso parar de fazer meu trabalho, que considero uma missão! E para quem trabalha com humor, não é nada fácil exercer a profissão, fazer as pessoas sorrirem em momentos difíceis! Mas ao mesmo tempo, essa é a melhor maneira de superar a dor! Abç.

      Excluir
  14. Caro Caju, sempre te admirei.

    No dia que vc ligou para o Graffite para esclarecer sua ausência e reportar uma justificativa a todos nós, no ar, como se de fato fóssemos sua família, aquilo ali me emocionou demais, e por acaso estava eu esperando meu Pai em pleno Shopping e daquele momento em diante eu passeia a reparar nele mais, com mais atenção... você me ensinou isso!!!

    Mas quero dizer que a Morte não é o contrário da Vida...
    Morrer é o contrário de Nascer... Morte de nascimento...

    Vida não tem contrários, porque nada é contrário à Vida... Nada pode ser contra isso.

    Amigo sinta-se abraçado e parabéns por raízes tão fortes...

    Abraços...


    Pablo Bento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pablito! Sinto-me privilegiado por ter um admirador assim como você! E que bom saber que você tirou proveito tão grande e nobre da minha experiência! Receba a minha admiração! Grande abraço!

      Excluir
  15. Caju, nao encontro palavras pra descrever tamanha minha adimiraçao por vc, mas uma coisa eu tenho certeza, vc veio ao mundo pra trazer alegria pra todos nós! Deus te abençoe e te guarde sempre! bjsssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carina! Se a minha missão é levar alegria às pessoas, não sei se estou dando conta do recado, mas eu tento, juro que tento! Bjoca

      Excluir
  16. Na semana antes da internação do seu pai eu o encontrei na avenida (em frente a casa dele) preocupado com um cachorro doente que estava deitado em frente ao portão. Essa imagem não sai da minha cabeça, se para mim algo dele ficou marcado, imagina para vc que é filho. Guarde-o na lembrança e no coração, foi o que fiz quando meu pai tb partiu (11/01/13), choro de saudade, mas não esqueço dos momentos vividos com ele, principalmente dos últimos dias de vida. A força está dentro de nós mesmos. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu era um protetor dos animais! E nós, filhos, herdamos esse amor pelos bichos! Meu pai tinha um coração nobre!
      Espero sua visita mais vezes aqui no blog! Bjão!

      Excluir
  17. Muuito lindo esse texto. Interessante é que ele pode(e eu espero que faça) com que muitas caiam em si e deixem de lado os problemas com seus pais e exercitem o perdoar. Eu tbém tive problemas com meus pais durante muito tempo na vida, mas aprendi que Deus nos perdoa a todo instante baseado no sacrifício de seu filho Cristo Jesus e que por isso ele espera que façamos o mesmo pelo nosso próximo. PRINCIPALMENTE ao nossos pais que foram instrumentos na mãos de Deus pra nos dar a vida. Se DEVEMOS ter amor ao próximo, que comecemos pelos nossos pais.
    Seu motivo pra chorar é justíssimo Caju! E minha alma (ou meu inteiro ser) chora com vc.Mil bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelo seu comentário Erika! Você tem toda razão! Bjocaaa

      Excluir
  18. Neste momento difícil que é a perda de um pai, existe um pai que nunca te abandona, nunca de desampara, que é o nosso querido DEUS.
    Que JESUS te abençoe ricamente nessa nova jornada sem seu pai, mas sempre lembrando que nosso pai maior ( DEUS ) sempre estará junto de você.
    Um grande abraço,
    WARLEY MOURA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo carinho e atenção Warley! Fique com Deus você também!

      Excluir
  19. Fala caju, aki é o leandro philipe...num sei se vai lembrar.....Como diz o mazzi....sensacional vei...lindo demais essa poesia....saindo uma nova tiragem, eu kero hein caju...
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  20. Fala Leandro! Quando sair uma nova tiragem você terá o seu! Valeu!

    ResponderExcluir
  21. Caju,
    Sou seu fã, Vc é o Cara!!!!!!
    Inteligente com a forma de humor e realidade.
    PARABENS,
    CARLOS SILVA - SANTA LUZIA - MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas palavras Carlos! Volte sempre para comentar as bobagens que posto aqui! Valeuuu!

      Excluir
  22. Bom Caju, sou ouvinte do graffite e sua fã desde q vi você pela primeira vez na TV. Admiro você pelo grande ator, humorista que é! Acompanhei, mesmo distante, tudo isso que você passou e com seu pai, me emocionei MUITO no dia que você entrou no programa para dar satisfação a imensa família Graffite que tanto te apoiou nesse momento tão doloroso. E me emocionei mais uma vez, ao ouvir e agora ao ler esse poema pois minha relação com meu pai é nula, não fui criada junto a ele e nunca tivemos afeto entre pai e filha e isso me pesou muito a consciência.
    Enfim, agradeço a você pelos grandes momentos de risos e por partilhar conosco esse momento tão dificil. Um abraço, que Deus continue te abençoando. Luiza

    ResponderExcluir
  23. Caju, me emocionei ao ouvir você no Graffite no dia em que, pelo telefone, contou o que estava acontecendo, para sua família Grafitte. Depois quando o Dudu leu a poesia de seu pai que é simplesmente maravilhosa! Senti um pouco de sua dor, pois meu pai se foi em jun/11 e a saudade é a que fica. Me lembro sempre dos momentos que vivi com meu Pai e de tudo o que ele me ensinou. E agora ao ler, me emocionei mais uma vez com suas palavras e a poesia. Escuto o Graffite diariamente ao retornar do trabalho para casa e amo você!!! Você é de uma inteligência incrível e amo seus quadros e personagens!!! Acredito que todos na vida temos uma missão e a sua é trazer alegria para milhares de pessoas como faz e muito bem! Agradeço a Deus por ter colocado você no meu caminho e pelos momentos em que me faz rir, principalmente nos mais difíceis !! Que Deus te abençoe sempre! Beijo, Roberta.

    ResponderExcluir
  24. Caju, emocionei-me demais ao ler seu texto e o de seu pai. Também perdi o meu em maio deste ano. Sinto um nó na garganta só de mencionar este fato. Como faz falta na minha vida. E de certa forma tenho uma missão como você. Tenho que motivar uma equipe, manter a pose, sorrir, mesmo com o coração arrebentado de tanta dor. Ele foi o cara na minha vida! Tento manter as boas lembranças, mas a rapidez com que ele se foi impede de ter boas lembranças. Já imaginou que falta de graça serão as festas deste final de ano. Sou solidária a sua dor. Sei que ela esmaga menos a alma da gente com o tempo, sei que engolimos o choro e fica o nó na garganta. Mas temos que prosseguir... Nossos pais amariam nos ver felizes, brilhando e seguindo sempre em frente. Tomei a liberdade de compartilhar seu texto no facebook, principalmente pelo fato de sentir remorsos demais... Por não ter ficado mais perto dele, por me envolver tanto com o trabalho e perder a oportunidade de curti-lo mais. Beijos.Suzana

    ResponderExcluir