quinta-feira, 10 de outubro de 2013

A OLIMPÍADA DO DIA-A-DIA


Toca o despertador! É dada a largada! Começa mais uma maratona!
Arremesso o cobertor para o lado e pulo da cama!
Em primeiro lugar, preciso chegar até o banheiro para conquistar o “trono”, ou melhor, sentar nele!
Mas no percurso entre o meu quarto e o banheiro, existem vários obstáculos que eu preciso superar: roupa, tênis, mochila, copo, prato, garfo... Tudo espalhado pelo chão!
Chego ao banheiro, ocupo o meu lugar no “trono”, solto o “bastão”, ligo o chuveiro e me atiro na água!
Peito, costas, dou uma arrancada na sujeira do corpo todo!
Saio rapidamente do banho! Cada minuto é importante!
Preciso garantir o meu lugar, sustentar minha posição!
E a disputa por uma vaga é muito grande!
Visto a camisa, a calça, coloco o sapato e saio correndo de casa!
O meu desafio agora é chegar até o ponto de ônibus!
Essa é uma etapa difícil, uma prova de rua que exige de mim, muita habilidade!
Salto à distância sobre buracos na calçada, contorcionismo para desviar dos retardatários, precisão ao atravessar avenidas entre os automóveis, enfim, são movimentos sincronizados, uma verdadeira ginástica para conseguir alcançar meu objetivo que é estar entre os
45 membros da comitiva que vai viajar até o centro da cidade!
Se eu ficar para trás, todo o meu esforço terá sido em vão e eu não quero perder viagem!
Dentro do ônibus, pendurado na barra, faço uma sequência de movimentos arriscados, evitando uma queda, até chegar o momento final da parada!
O ônibus abre a porta e num salto duplo, eu bato com um pé no meio-fio e caio com o outro já na calçada!
É a reta final!
Faço a última curva, à esquerda, contornando o poste da esquina! Cruzo a linha de chegada e carimbo meu passaporte, ou melhor, meu cartão de ponto!
Garanto assim, minha permanência no grupo de elite, ou seja, daqueles que estão empregados, nesse mercado tão concorrido, onde, qualquer falha, pode te desclassificar!



(CAJU)


9 comentários:

  1. Realidade triste, mas se tudo isso não fosse levado em conta, pelo menos exercício físico nós fazemos.

    ResponderExcluir
  2. E tem o poder de convencimento para justificar o atraso...

    ResponderExcluir
  3. Falou e disse,o mercado de trabalho e concorrido.Adorei o detalhe dos "obstaculos" do quarto.Esse seu quarto deve ser uma "zona".A versao saiu dai.kkkk

    ResponderExcluir
  4. CAJU VOCÊ VIVE NO MEU LUGAR SO PODE RSRS

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde pessoa!
    Minha prima precisa de doação de sangue.
    Segue abaixo os dados para quem puder ajudar.
    Desde já agradeço.
    Abraços a todos


    Prezados,
    Como havia dito anteriormente, preciso de doação de sangue. Serão 10 doadores.
    Quem não puder doar, por favor, indique alguém que possa.

    Em nome de Mariana Moreira Coelho, hospital Socor, Leito 1002.

    Local para doação: Hospital Socor
    Rua Juiz de Fora, 861 – Barro Preto ( Ao lado 12° BI )
    Fones: 3335-6600 / 3295-4584

    Há também um pedido de doação de plaquetas. Também serão dez doadores.
    Esse deve ser agendado primeiro uma triagem e depois a doação.

    Local para doação: Núcleo de Hematologia e Oncologia
    AV. Brasil, 886, 5° andar – Santa Efigênia –BH
    Fone: 4009-8226. Falar com Olga ou Natália.

    Mais informações no FACE: Mariana Moreira Coelho

    Já estou fazendo a químio. Se precisarem de mais alguma informação podem me enviar um e-mail que tentarei responder assim que puder. Ou mandem msm no meu celular. Conto com vossas orações.



    Mariana Moreira
    31 9277-1771 ( Vivo) 31 8463-6038 ( Tim)
    31 3397-0797

    ResponderExcluir
  6. Como meu pai dizia pra mim: Um dia a gente vai esquecer de viver pra trabalhar. Será que chegamos nesta época, Caju? Beijos

    ResponderExcluir
  7. Fico bem na foto, hein, Caju?! Me manda seu email para quando você ficar triste a gente poder conversar. Pode ser alegre também.

    ResponderExcluir