terça-feira, 31 de dezembro de 2013

O OLHAR DE POLIANA

No dia 26 de julho deste ano, assim que eu cheguei na Rádio 98FM para fazer o programa “Graffite”, vieram me avisar que depois do programa, nós apresentadores, iríamos visitar uma pessoa.
Naquele dia eu estava mais mal humorado que de costume e questionei: “Visitar quem? Eu quero ir daqui direto pra casa!”.
Foi então que me explicaram do que se tratava.
A direção do Hospital Luxemburgo havia ligado para a rádio dizendo que tinha uma paciente internada lá já há algum tempo e, segundo os médicos, ela tinha uma expectativa baixa de vida.
A paciente se chamava Poliana, uma jovem de 15 anos que lutava contra um câncer que tinha nos ossos.
Ao ser perguntada pelos médicos sobre quais eram as três coisas que ela mais gostava na vida, ela respondeu: “O Cruzeiro, Chocolate e o programa Graffite”.
Por isso a direção do hospital resolveu nos telefonar para saber se havia a possibilidade de irmos até lá para fazer uma visita surpresa à Poliana.
Aquilo nos comoveu muito e nada justificaria uma recusa nossa em aceitar tal convite. Pelo contrário, nos sentimos honrados.
Antes de sair da rádio eu estava demasiadamente abalado, chorava, enfim, não estava preparado para encarar aquela situação. Mas eu não podia me acovardar diante de uma causa tão nobre!
Terminado o programa lá fomos nós, eu, Dudu, Magela, Rodrigo Rodrigues e Rafael Mazzi, rumo ao Hospital Luxemburgo, levando uma caixa enorme cheia de chocolates, três camisas do Cruzeiro, um rádio com fone de ouvido, um grande urso de pelúcia e muita energia positiva. Foi assim, de surpresa, sem dó nem piedade, que invadimos o quarto do hospital onde a Poliana estava!
Ela nos olhou admirada, enquanto eu admirava seu olhar! Um olhar forte, vívido, destemido! Um olhar que enxergava além daquilo que se vê! Um olhar que eu nunca vi igual!
Fiquei impressionado com a valentia e coragem que aquela garota de 15 anos tinha para enfrentar o pesadelo de sua realidade!
Nossa visita foi numa sexta-feira, no domingo ela faria 16 anos e na segunda-feira ela teria sua perna esquerda amputada!
Ciente de tudo, Poliana encarava o futuro de frente, sem olhar para trás, sem abaixar a cabeça, sem olhar para o chão!
Via-se em seu olhar, uma força inabalável!
Quando saímos do hospital, eu voltei pra casa com a certeza de que precisava voltar a falar com ela, voltar a vê-la! E foi o que fiz!
No domingo telefonei para dar os parabéns pelo seu aniversário e na segunda-feira liguei para saber como tinha sido a cirurgia.
Quem atendeu o celular foi a Cida, mãe da Poliana, uma guerreira, exemplo de amor e dedicação incondicional à filha!
Desde então, eu, Cida e Poliana passamos a nos falar com frequência, tanto pelo celular como pessoalmente, nas vezes em que eu ia visitá-la no hospital!
Até que ontem pela manhã meu telefone tocou e ao atendê-lo, ouvi do outro lado uma voz que mal falava, era Cida que chorando me disse: “Caju... perdi minha filhinha... e estou te ligando por que ela gostava muito de você”.
Ao ouvir aquilo, a tristeza se apoderou de mim e a primeira coisa que me veio à cabeça foi a lembrança do olhar de Poliana, agora oculto sob seus olhos cerrados.
Muita força a todos os familiares, amigos e principalmente à Cida.
E à Poliana o meu muito obrigado pela lição de força e coragem.







14 comentários:

  1. Força para a família e para todos que faziam parte da vida de Poliana. Tão Jovem!!
    Obrigado Caju por ser essa pessoa tão boa capaz de ser cativado por este olhar. Tenho certeza que mesmo mal humorado ( é o que vc diz) você é uma excelente pessoa, de ótimo coração, e inteligencia incomparável.

    ResponderExcluir
  2. Que lição de vida.....pra essas pessoas que só fazem reclamar de tudo....

    ResponderExcluir
  3. Meus sinceros sentimentos a família da Poliana!!!!Caju me admiro muito pelo seu caráter!!!!Parabéns,o mundo precisa de pessoas assim exatamente como voce!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Meus pêsames a família, lindíssimo o gesto de vocês, parabéns por só espalharem o bem por ai, por isso sou fã!!!!

    ResponderExcluir
  5. Iniciar o ano com uma lição de vida dessa, só me faz fortalecer ainda mais o meu dever de honrar meu compromisso com Deus de cuidar bem da minha vida e fazer o bem por onde eu passsar!

    ResponderExcluir
  6. Deus abençoe vc Caju e todos q tem coração bom!!! Força para família e para ela!

    ResponderExcluir
  7. Caju, sabemos que apesar de você ser mal humorado, mas é uma pessoa com um coração bem grande!!! Que você continue assim com este humor que contagia cada vez mais nós ouvintes!!! Força para a família da Poliana!!!!

    ResponderExcluir
  8. Feliz daquele que nem sempre demonstra, que não é o tempo todo só sorrisos, mas que tem um enorme coração e a bondade cravada na alma.
    Esse é você Caju.

    ResponderExcluir
  9. Caju, muito obrigado por esse carinho com a popis !!sou um primo e era muito amigo, e alem de tudo sou fan do programa graffte a muito tempo, fiquei ainda mais quando soube que tinham ido no hospital visitá-la.
    Te vi no velório mas não quis oportuna-lo ,por não ser um momento muito bacana.
    Enfim, agradeço muito em nome dos amigos e parentes, pelo seu carinho e o carinho da família Graffite.
    Fica com deus e um feliz 2014.

    ResponderExcluir
  10. Eu era amiga da popô , sei o quanto ela realmente gostava de vocês , e o bem que o pessoal do grafite fez á ela pela visita. Agradeço a todos do programa pelo apoio e por tudo que proporcionaram a minha amiga... Ela não se foi , ela sempre estará nos nossos corações! Ela foi uma guerreira , e nos motiva todos os dias a lutar pelos nossos ideais e sermos felizes por maior que sege a luta. Papai do céu precisava da nossa popôzinha , e Ele está cuidando muito bem dela agora , ela não está passando nenhuma angústia e nem dor , ela está feliz , e sei que ela nos quer ver assim também !
    Quando pensarem na Poliana , fiquem bem.. Pois com certeza ela está em um lugar lindo agora !
    Um grande Beijo..

    ResponderExcluir
  11. Depois de um tempo sem computador, depois sem internet, depois sem computador de novo e em breve sem internet até achar uma decente que é coisa que não tem nesse lugar...Aqui estou eu de volta...Que saudade de vc,Cajá!Quanto ao post,vc é um poço de amor e bondade Cajá!!!Parabéns por isso!

    ResponderExcluir
  12. Nossa Caju me emocionei!!!!
    As vezes que vou ao teatro ver vocês (vão falar de coisa boa) e o (Marido da minha mulher, com Dudu e o Mazzi ( e o Rodrigo em alma)) é isso que tento falar pra vocês, mas as palavras me faltam... Mas é exatamente, se vocês Caju, Totonho, Dudu, Rodrigo e Mazzi, tem noção da responsabilidade social de vocês??? Nossa é incrivel podemos está mau o quanto for, s eligamos o rádio e ouvimos vocês esquecemos dos nossos problemas, dores, lamentações e murmurações...
    Obrigado por alegrarem as minhas tardes!!!!
    Que o Senhor Jesus continuem derramando bençãos sem medidas sobre a vida de cada um de vocês e capacitando os sempre para o bem!!!
    Jesus abençoe, saude e paz sempre!!
    Rosiane Moreira/ Jardim Alterosa /Betim

    ResponderExcluir